Total de visualizações de página

terça-feira, 5 de julho de 2011

Comemoração!

video

Bom dia, um ótimo dia!

Hoje, foi o dia tão esperado. Nossa equipe está muito feliz com o segundo ano consecutivo de vitória, pois muitas vezes brigamos entre si e pensamos até em desistir. Muitas vezes discordamos, se estressamos, várias tardes atravessamos a cidade em busca de lixo e pilhas. Cansamos, e muito... Fizemos até as coisas sem vontade nenhuma. E depois de tudo isso, levantamos e seguimos em frente, firme e forte, na luta. A gincana não foi feita para ganhadores ou brigas. A gincana foi feita para aprendermos, errar e acertar. Gostaríamos de parabenizar todas as equipes que foram brilhantes e assim como nós deram o máximo de si. Todos nós nos envolvemos o quanto pudemos, e todos nós estamos de parabéns. Queremos agradecer os professores que nos ajudaram, a diretoria da escola, e especialmente a nossa queridíssima Leani, coordenadora da Gincana Ambiental! Pelas suas ideias, por correr atras de tudo e fazer com que tudo dê certo sempre, por nos dar dicas e conselhos, além de disponibilizar o seu tempo conosco. Temos certeza de que para sempre lembraremos de tudo que passamos durante a Gincana, e levaremos conosco tudo que aprendemos.





e...


Somos os Cardeais, destruição nunca mais! É a 113 defendendo os animais ♪♪




Os reflorestadores juntamente com os cardeais, jamais serão esquecidos!

Obrigada turma 113, pela garra e determinação!



















sábado, 2 de julho de 2011

Lixo, lixo e mais lixo...


No último dia 28 houve a entrega dos materiais reciclados na ASMAR onde todas as equipes levaram seus lixos que juntaram durante toda a Gincana, para a pesagem dos mesmos. 
Foi muito divertido e também muito cansativo... nossa equipe teve que separar os papelões das garrafas pets e tinha muito lixo! Mas vários de nossos colegas foram nos ajudar e além deles o Douglas capitão da equipe Bugio e a Bruna Picco que estuda no colégio Pacelli também fizeram a sua parte :) 
Até brincamos que nessa época de Gincana Ambiental, os catadores de lixos teriam um grande prejuízo nas suas vendas, pois todas as equipes ajuntaram uma quantidade enorme de materiais! ahuhuauhauhahu :D
E quando acabou, fomos todos embora muito exaustos, pois não somos acostumados com esse trabalho.. e também podemos ver como essas pessoas trabalham suado para manter seu sustendo e de seus filhos.

Agora algumas fotos da nossa equipe:





                    

A Amazônia não é o Pulmão do Mundo !

Não se sabe quem utilizou esta expressão pela primeira vez, mas o sentido dela é que na Amazônia haveria uma enorme produção de oxigênio, o que na verdade não corresponde a realidade, segundo especialistas.


Não se sabe quem utilizou esta expressão pela primeira vez, mas o sentido dela é que na Amazônia haveria uma enorme produção de oxigênio, o que na verdade não corresponde a realidade, segundo especialistas. Descobertas científicas demonstram que a floresta amazônica encontra-se em estado de “clímax ecológico”: toda a biomassa (o conjunto de matéria viva da região) acaba sendo utilizada por outros organismos para seu metabolismo, produzindo dióxido de carbono. É verdade que a floresta produz uma imensa quantidade de oxigênio mediante a fotossíntese durante o dia. porém, as plantas superiores e outros organismos associados vivendo nessa mesma floresta respiram 24 por dia, ou seja o oxigênio que a floresta produz acaba sendo utilizado na respiração dela mesma. É importante salientar que a floresta amazônica constitui um enorme reservatório de carbono e, quando queimada, produz dióxido de carbono, aumentando assim o “efeito estufa”.

A Amazônia não é o “pulmão do mundo” no sentido comum do termo. No entanto, o sistema florestal da região, alem de evitar a erosão, funciona como uma “esponja”, absorvendo substâncias trazidas pelos ventos e pelas chuvas, sob a forma de poeira e partículas, da África e do Atlântico. Amazônia não é o 'pulmão do mundo', aponta pesquisador. Na capa de muitos jornais, sites, comunidades virtuais e blogs a Amazônia ainda é encarada como o grande “pulmão do mundo”. A idéia de que a floresta seria uma grande purificadora do ar, transformando gás carbônico em oxigênio, já foi desmentida por muitos cientistas, mas ainda sobrevive por aí. Apenas em dois textos do Blog da Amazônia, há 16 comentários que tratam a floresta dessa forma.   

Apesar de haver muitas provas de que a Amazônia não exerce esse papel, é consenso entre os pesquisadores que as extensas áreas de floresta do Norte do Brasil têm grande influência no clima do planeta. Mesmo não sendo o tal pulmão, a Amazônia ainda seria um órgão vital.

Floresta em equilíbrio    

Pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) e um dos cientistas mais respeitados no mundo quando se fala de aquecimento global, o erro já começa no próprio apelido que se deu à Amazônia: “O pulmão não supre o oxigênio, ele tira.” O pesquisador explica que a floresta está em equilíbrio. Todo o gás carbônico capturado por meio da fotossíntese é liberado novamente à atmosfera quando as plantas respiram e quando as árvores morrem e entram em decomposição.   

Feranside ressalta, contudo, que o fato de a Amazônia não funcionar como o tal “pulmão do mundo” não significa que ela possa ser destruída. O desmatamento de milhões de quilômetros quadrados de floresta poderia desregular o regime de chuvas e acentuar o aquecimento global.

Círculo vicioso
A floresta está em equilíbrio apenas quando está em pé. Se ocorre uma queimada ou desmate, grandes quantidades de gás carbônico são liberadas na atmosfera, contribuindo para o efeito estufa. Hoje, o Brasil ocupa o quarto lugar entre os maiores emissores de gases que causam esse problema, sendo que cerca de três quartos dessa poluição provêm da destruição da mata. De acordo com Fearnside, o desmatamento é um péssimo negócio para o Brasil. “Além de emitir muito mais carbono do que o combustível fóssil, ele também traz muito pouco benefício para a economia do país, gera muito pouco emprego”, avalia.   

Com o aquecimento do planeta, a floresta corre o risco de entrar em um círculo vicioso de destruição e emissão de gases de efeito estufa, revela o cientista: “Na medida em que se começa a esquentar na Amazônia, morrem muitas as árvores. Com o aumento da temperatura, as árvores também precisam de mais água, e aí aumentam os problemas de incêndio. Além disso, esquenta-se o solo, que começa a liberar carbono. As grandes secas que houve na Amazônia, como a que aconteceu em 2005, tendem a aumentar.”   

Falta de água
Ainda que o desmatamento e as queimadas não liberassem gases de efeito estufa, a transformação da floresta em pastos ou plantações poderia mudar radicalmente o regime de chuvas. Fearnside explica que grande parte das chuvas do Centro-sul do Brasil são causadas por ventos que trazem vapores da mata no Norte. “Se transformarmos a floresta em pastagens, as chuvas cairão lá (na Amazônia) e irão direto para o oceano. A água não será mais evaporada”, revela.   

Além da falta de água potável – problema que já afeta periodicamente a cidade de São Paulo – a diminuição das chuvas também acarretaria na falta de energia. “No Centro-sul há muitas barragens, que geram energia para o Brasil. Essas hidrelétricas enchem em poucas semanas. Se falharem as chuvas nessas semanas críticas, as represas não enchem pelo resto do ano.”, alerta o pesquisador

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Materiais Recicláveis entregues

Equipes organizadas, mobilizaram pais  ou contrararam caminhão para fazer a entrega dos materiais na ASMAR. A tarde foi de muito trabalho, com mãos e roupas sujas no final... É, a vida de catador/selecionador de materiais recicláveis não é fácil.
Foram arrecadados:
PAPELÃO: 802 Kg
PET: 467 Kg
Equipe Cardeais - 113
PLÁSTICO de cor: 21 Kg
LATA: 47 Kg 



Equipe Falcões - 211




Equipe Bugio - 212
Peso total da Galera final
Retornando para casa

domingo, 26 de junho de 2011

Tarefas Via Blog = encerradas e Avaliação...

Equipes, encerramos hoje as tarefas via blog, bem como os DEZ pontos diários computados por postagens. O que cada equipe fará com seu Blog?
È uma resposta que vocês darão.
Minha avaliação da criação do blog por vocês vai de excelente para fantástico. 
Tenho prazer em entrar diariamente e ler suas pesquisas, seus textos próprios, curiosidades...
Temos uma ferramenta tecnológica em mãos, vamos aproveitá-la, para nos aproximarmos, para ampliar nossos conhecimentos, estimular nossa escrita e leitura?


Deixem seus depoimentos:
Como você avalia a criação e utilização do BLOG na GINCANA?

sábado, 25 de junho de 2011

Reta final !!!

Já estamos na reta final da gincana, as únicas tarefas que ainda temos é de recolhimento das latinhas, papelão e litros. Todos já estamos cansados, mas ninguém desanima, porque sabem que essa é a nossa última esperança. Temos que continuar e acreditar até o fim... por isso:

FORÇA CARDEAIS!!!!!   

( Douglas ;)